quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

MARABÁ-PA: MINÉRIO-RIQUEZA x EXCLUSÃO-VIOLÊNCIA

Conheço já há muito tempo a cidade de Marabá, no Pará. A cidade foi engatinhando, arranhando, e até machucando, as curvas dos rios até fincar pé firme em suas beiradas e, rapidamente formou-se a maior povoação do Sul do Pará. Pior para os rios. Foram as missões religiosas, como em quase todos os cantos da Amazônia, depois as atividades extrativas, depois a pecuária e, novamente, a extração, dessa vez de minério. E o povo foi se achegando. Todos os cantos vinham homens, mulheres e crianças. Mas a maioria vinham do lado mais miserável do Brasil, o Nordeste.
A década de 1970 marcou o processo mais acelerado desse povoamento. As pesquisas auríferas em andamento desde a década de 1950 resultou em grandes projetos de mineração. E o capital internacionalizado passou a disputar com garimpeiros pobres da região. A violência instalou-se de forma mais definitiva tendo esse fato como precedente. 

Marabá cresceu. Existem lindas praias. O povo é hospitaleiro. Corre muito dinheiro na cidade. Há até bons empregos que atraem técnicos dos lugares mais distantes do país, e de fora do país. O sol brilha em Marabá. Mas brilha apenas para uma pequena parte.


Em Marabá o sol brilha primeiramente para o capital internacional ligado à Vale do Rio Doce que, com garras assassinas, retira da região de Marabá quase tudo que quer sem retribuir em troca quase nada do que pode. A péssima qualidade do ensino público e o descaso generalizado com educação resulta numa grande massa de jovens que sequer concluem o ensino médio, resultando disso que não se qualificam sequer para as atividades mais insignificantes das grandes empresas que operam na região.

Má educação, corrupção política, fome, desemprego, violência, essa é a realidade do lugar que para alguns -especificamente aqueles que encontram seu lugar ao sol -é um paraíso.

Marabá mistura a triste realidade típica do Rio de Janeiro: pessoas endinheiradas cercadas de famintos que, a todo instante, mostram-se uma ameaça em potencial. A violência que atinge o pobre, preferencialmente, é banal na cidade. A média de homicídios é alarmante e só não alarma mais porque geralmente morrem pobres e para as elites locais, um pobre a mais ou a menos, é irrelevante.


Ante esse quadro fico meio sem saber como concluir esse texto. Se alguém estiver de passagem e desejar conhecer Marabá, bastante é que saia à noite por regiões como as áreas da rodoviária, não importa se nova ou velha ou outras áreas onde haja concentração de pessoas vulneráveis à ação dos marginalizados. E enfatizo, MARGINALIZADOS. Porque cada criminoso em Marabá resulta desse processo criminoso de saque das nossas riquezas e geração de pobreza levado a cabo pela ação do capital multinacional em nossas terras. O resultado é esse, o IML sempre lotado. 

5 comentários:

  1. Jane Marcia Oliveira Santos9 de dezembro de 2011 17:56

    Historia de Marabá
    O que eu acho de interessante e o fato de ele ter surgido através de atividades econômicas e ao trabalho religioso que hoje é difícil encontrar essas ações na cidade de Marabá. E que graças às atividades missionárias dos frades do minicanos e seguida pela exploração do cauche deu-se início á Marabá, e através desse acontecimento estamos vivendo na cidade de Marabá.


    Aluna; Jane Márcia Oliveira Santos
    Serie; 2 ano ‘’D’’

    ResponderExcluir
  2. Diene Silva Guimarães16 de dezembro de 2011 21:28

    Não concordo em dize que marabá e a Cidade Mas Violenta do Brasil Acho que Existem Cidade Mais Violenta do que Marabá dize que os Números de Morte São todas de Marabá Isso não e Verdade Porque a Maioria Vem de Municípios Vizinhos
    A Marabá e uma Cidade Rica Mas Suas Habilidade a Maioria e de Baixas Rendas. A luta Pela Melhoria das Condições de vida Nos Bairros São Diários. As Associações de Marabá e a População Costumam Reivindicar da Prefeitura melhores Condições de Vida
    A saúde Publica em Marabá e uma Vergonha
    Diene Silva Guimarães 2º ano “c Noite

    ResponderExcluir
  3. rosicleia da silva silva17 de dezembro de 2011 18:39

    A cidade mais violenta do Brasil
    Eu concordo em todos os aspectos,marabá uma cidade tão rica e não tem infraestrutura para o povo de marabá, uma terra rica e povo pobre, marabá precisa de um prefeito que saiba governa, que no futuro seja uma cidade bem desenvolvida bem governada, empregos e saneamento básico. Com sua riqueza sustenta o Pará todo e muitas cidades.
    Eu fico pensando por que Belém tem as coisas tudo barato, e marabá tudo caro, sendo que a riqueza de marabá vai tudo para Belém isso não pode continuar assim. O maurino recebeu um premio como um dos melhores prefeitos do Brasil eu vii esta matéria na TV eu achei um absurdo um prefeito que já foi caçado muitas vezes que benefícios que ele trouxe para marabá.
    O projeto minha casa, minha vida, não é projeto dele más em vários cantos da cidade,tem placas com as casas e o nome da prefeitura maurino Magalhães,como que este projeto foi ele que projetou,faz propaganda dos outros.eu fico preocupada pois o plebiscito que teve a poucos dias foi preocupante o que relata é que marabá e regiões não queriam a divisão do Pará,sendo que iria melhorar uns 90 por cento.
    A saúde e de péssima qualidade tantas filas de espera para atendimento,gente morrendo por incompetência de médicos mau qualificados,aquele Cesp é horrível,á maternidade é quase do mesmo jeito só tem boniteza mais o atendimento é horrível.
    A violência ocorre a cada instante é horrível,não podemos se quer ficar até altas horas na rua.o IBGE indica que marabá e uma das cidades mais violenta do Brasil, isso e uma vergonha pois existe tantas cidades violentas como a favela da rocinha no rio de janeiro, será que marabá e mais violenta mesmo?


    aluna: rosicleia da silva silva
    serie:2ºano L

    ResponderExcluir
  4. rosicleia da silva silva17 de dezembro de 2011 18:46

    A cidade mais violenta do Brasil
    Eu concordo em todos os aspectos,marabá uma cidade tão rica e não tem infraestrutura para o povo de marabá, uma terra rica e povo pobre, marabá precisa de um prefeito que saiba governa, que no futuro seja uma cidade bem desenvolvida bem governada, empregos e saneamento básico. Com sua riqueza sustenta o Pará todo e muitas cidades.
    Eu fico pensando por que Belém tem as coisas tudo barato, e marabá tudo caro, sendo que a riqueza de marabá vai tudo para Belém isso não pode continuar assim. O maurino recebeu um premio como um dos melhores prefeitos do Brasil eu vii esta matéria na TV eu achei um absurdo um prefeito que já foi caçado muitas vezes que benefícios que ele trouxe para marabá.
    O projeto minha casa, minha vida, não é projeto dele más em vários cantos da cidade,tem placas com as casas e o nome da prefeitura maurino Magalhães,como que este projeto foi ele que projetou,faz propaganda dos outros.eu fico preocupada pois o plebiscito que teve a poucos dias foi preocupante o que relata é que marabá e regiões não queriam a divisão do Pará,sendo que iria melhorar uns 90 por cento.
    A saúde e de péssima qualidade tantas filas de espera para atendimento,gente morrendo por incompetência de médicos mau qualificados,aquele Cesp é horrível,á maternidade é quase do mesmo jeito só tem boniteza mais o atendimento é horrível.
    A violência ocorre a cada instante é horrível,não podemos se quer ficar até altas horas na rua.o IBGE indica que marabá e uma das cidades mais violenta do Brasil, isso e uma vergonha pois existe tantas cidades violentas como a favela da rocinha no rio de janeiro, será que marabá e mais violenta mesmo?
    aluna: A cidade mais violenta do Brasil
    Eu concordo em todos os aspectos,marabá uma cidade tão rica e não tem infraestrutura para o povo de marabá, uma terra rica e povo pobre, marabá precisa de um prefeito que saiba governa, que no futuro seja uma cidade bem desenvolvida bem governada, empregos e saneamento básico. Com sua riqueza sustenta o Pará todo e muitas cidades.
    Eu fico pensando por que Belém tem as coisas tudo barato, e marabá tudo caro, sendo que a riqueza de marabá vai tudo para Belém isso não pode continuar assim. O maurino recebeu um premio como um dos melhores prefeitos do Brasil eu vii esta matéria na TV eu achei um absurdo um prefeito que já foi caçado muitas vezes que benefícios que ele trouxe para marabá.
    O projeto minha casa, minha vida, não é projeto dele más em vários cantos da cidade,tem placas com as casas e o nome da prefeitura maurino Magalhães,como que este projeto foi ele que projetou,faz propaganda dos outros.eu fico preocupada pois o plebiscito que teve a poucos dias foi preocupante o que relata é que marabá e regiões não queriam a divisão do Pará,sendo que iria melhorar uns 90 por cento.
    A saúde e de péssima qualidade tantas filas de espera para atendimento,gente morrendo por incompetência de médicos mau qualificados,aquele Cesp é horrível,á maternidade é quase do mesmo jeito só tem boniteza mais o atendimento é horrível.
    A violência ocorre a cada instante é horrível,não podemos se quer ficar até altas horas na rua.o IBGE indica que marabá e uma das cidades mais violenta do Brasil, isso e uma vergonha pois existe tantas cidades violentas como a favela da rocinha no rio de janeiro, será que marabá e mais violenta mesmo?
    aluna: rosicleia da silva silva

    ResponderExcluir
  5. rosicleia da silva silva17 de dezembro de 2011 18:48

    A cidade mais violenta do Brasil
    Eu concordo em todos os aspectos,marabá uma cidade tão rica e não tem infraestrutura para o povo de marabá, uma terra rica e povo pobre, marabá precisa de um prefeito que saiba governa, que no futuro seja uma cidade bem desenvolvida bem governada, empregos e saneamento básico. Com sua riqueza sustenta o Pará todo e muitas cidades.
    Eu fico pensando por que Belém tem as coisas tudo barato, e marabá tudo caro, sendo que a riqueza de marabá vai tudo para Belém isso não pode continuar assim. O maurino recebeu um premio como um dos melhores prefeitos do Brasil eu vii esta matéria na TV eu achei um absurdo um prefeito que já foi caçado muitas vezes que benefícios que ele trouxe para marabá.
    O projeto minha casa, minha vida, não é projeto dele más em vários cantos da cidade,tem placas com as casas e o nome da prefeitura maurino Magalhães,como que este projeto foi ele que projetou,faz propaganda dos outros.eu fico preocupada pois o plebiscito que teve a poucos dias foi preocupante o que relata é que marabá e regiões não queriam a divisão do Pará,sendo que iria melhorar uns 90 por cento.
    A saúde e de péssima qualidade tantas filas de espera para atendimento,gente morrendo por incompetência de médicos mau qualificados,aquele Cesp é horrível,á maternidade é quase do mesmo jeito só tem boniteza mais o atendimento é horrível.
    A violência ocorre a cada instante é horrível,não podemos se quer ficar até altas horas na rua.o IBGE indica que marabá e uma das cidades mais violenta do Brasil, isso e uma vergonha pois existe tantas cidades violentas como a favela da rocinha no rio de janeiro, será que marabá e mais violenta mesmo?

    ResponderExcluir

Este é um espaço de reflexão e expressão. Sinta-se à vontade.