quinta-feira, 28 de junho de 2012

FICHAS SUJAS PODERÃO SE CANDIDATAR AO PLEITO MUNICIPAL 2012

A vontade popular esbarra ora na malha política, ora
nas decisões da justiça, acessória de políticos de má índole.
Às vezes fico em dúvida sobre qual nosso mal maior, se políticos corruptos ou ministros do judiciário que advogam em nome do crime. É fato que sem essas duas instâncias não há nem democracia nem justiça. Mas o que pensar, por exemplo, das muitas práticas e relações suspeitas do ministro Gilmar Mendes? O caro leitor ainda lembra do caso Daniel Dantas? Complicado. Agora, da parte do Tribunal Superior Eleitoral, TSE, o tiro de misericórdia contra os anseios populares. Políticos com contas reprovadas pelos tribunais de contas poderão candidatar-se. Ou seja, pode roubar e candidatar-se para continuar roubando.

No início do ano o mesmo tribunal já havia decidido que políticos com contas reprovadas não poderiam candidatar-se. Agora, estranhamente, depois da divulgação de que mais de três mil prefeitos estavam com as contas rejeitadas pelos tribunais de contas, o TSE volta atrás e diz que tá tudo liberado, não tem problema, esses canalhas podem candidatarem-se e, às custas da ignorância e do clientelismo do povo, ganham o direito de continuar fazendo farra com dinheiro público. 

Esse é o jogo característico do Projeto Ficha Limpa: vai valer quando?
Às vezes me sinto alienígena porque enquanto as pessoas comuns acham isso natural, vejo um complô que só se justifica por alguma ordem obscura visando defender interesses escusos, conchavos e roubalheiras já em andamento. 

Antes mesmo do TSE dar esse golpe na sociedade brasileira, atendendo interesses sabe lá de quem, a Câmara Federal já havia aprovado, nos bastidores e às escondidas, um projeto do tipo "contas-sujas" para garantir o direito de continuidade a quem já estava metendo a mão. Meu Deus, como isso acontece sem que o povo não se dê conta de nada? É o fim mesmo, espero que seja! 

A Lei da Ficha Limpa é um avanço. Mas, caro leitor, seja sincero, você acredita que um dia ela vai valer? Todo dia algum canalha, seja de paletó ou de toga, dá um jeito de adiar o efeito prático da Lei e, de adiamento em adiamento, penso que morro sem ver esse novo dia acontecer. Sim, temo que com a tendência natural ao ilícito da parte dos nossos políticos, no dia em que a Ficha Limpa tiver aplicação prática, não haverá eleição por falta de candidato apto.