sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

OPERAÇÃO JEITINHO: LADRÃO QUE APOIAR LADRÃO TERÁ GRANDE VOTAÇÃO

Sim, sim senhores, ladrão que apoiar ladrão terá grande votação, sim! Claro que sim! Já é de longa data que até o goianiense mais inocente, sabe que a Câmara Legislativa Municipal, isso para não mencionar a estadual, virou um puleiro de aves de rapina. Mas, o desdém do cidadão honesto foi ao ponto máximo de ontem, 20/02, para hoje 21/02. A libertação do vereador Paulo Borges, que todos nós sabemos será inocentado, foi aplaudida e chegou o arroubo de alguns ao ponto de o defenderem no púlpito, lugar de onde riem da cara do povo, suas vítimas - que, contudo, não são inocentes - defendido e "magoado" Paulo Borges é o mártir da casa de ali babá.

A propósito, importa dizer, a despeito do título dessa postagem, que ladrão que apoiar ladrão terá grande votação porque simplesmente o problema não é a câmara ou o político bandido, o problema do Brasil é o povo brasileiro. O povo brasileiro, me perdoe a minoria, é um povo corrupto. A nossa cultura é a cultura da corrupção. 

O Brasil do jetinho é também o país onde a média da população tem aversão à honestidade. Assim, pela lógica do brasileiro comum, "otário" é o político que não rouba. Nós premiamos os corruptos com maciças votações porque não nos parece relevante o fato de atribuirmos votos, a crédito de confiança para que tomem decisões importantes remunerados para tal, a pessoas sabidamente desonestas.

A operação jeitinho que levou Paulo Borges à cadeia não é emblemática porque há uma cotidanidade de fatos semelhantes.Na verdade, o que se vê pelos discursos dos pares do vereador Paulo Borges é uma manifesta indignação com a estranheza da parte do Ministério Público ao jetinho. Do alto da revolta coletiva, questionam os vereadores, será que o MP nunca leu Roberto DaMatta? Será que ele não sabe que o jeitinho brasileiro é o jeito sujo, personalista e corrupto de se conduzir os assuntos e bens públicos?

A Operação Jeitinho foi deflagrada em 11 de janeiro deste ano pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) para averiguar a suposta formação de quadrilha por servidores da Amma que cobravam propina para a liberação de licenciamentos ambientais e embargos irregulares de empreendimentos.  No mês passado, foram expedidos mandados de prisão e de condução coercitiva a três servidores e a um empresário da capital.
Sabia-se desde então que um vereador estava envolvido nas operações irregulares da Amma, mas ainda não havia provas suficientes contra nenhum deles. No entanto, depoimentos, provas em vídeo e extratos bancários levaram o MP-GO a requerer – e a10ª Vara Criminal da comarca de Goiânia a expedir – o pedido de prisão contra Paulo Borges, acusado de exigir e receber propina para que licenças ambientais fossem expedidas.

Já Peixoto foi chamado para depor para esclarecer uma conversa que teve com Airton pedindo agilidade no licenciamento de um posto de combustível de sua propriedade. “Eu tinha que reformar o posto e precisava de uma licença. Pedi agilidade, só isso. Não há nada de propina”, disse o vereador durante entrevista coletiva.

Solto, Paulo Borges mostrou-se indignado. Mas não mais indignado que seus colegas, que certamente já lhe pediram muitos "favores". Será porque a Câmara cuida em defender o seu “honroso” membro? 

Loucura mesmo essa atitude do Ministério Público de querer acabar com o jeitinho brasileiro logo em Goiânia,  a parte mais caipira do Brasil. Acho que esse promotor deveria levar uma repreensão do Marconi Perillo ou então do amigo do governador, o Carlos Cachoeira, cuja bronca teria até um peso maior já que manda mais que o Perillo.



Por fim, penso até que inocentar sem investigação, como fizeram os vereadores honestos de Goiânia  foi até uma atitude razoável. Sim, já que vão inocentar, porque não podem condenar por serem todos iguais, pra que montar CPI? A Câmara estadual deve seguir essa atitude e deixar de roubar nosso dinheiro montando CPI que, sem qualquer poder efetivo, só vai até onde o Marconi, ,ou seu preposto, Cachoeira, permitem.

56 comentários:

  1. Muito boa, Moisés. Bem ao estilo que se espera de um grande historiador como você.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado companheiro pelas palavras. O fato é que devemos fazer circular os fatos.

    ResponderExcluir
  3. Victor D. Marques - 2º ano de Química.25 de fevereiro de 2013 13:55

    ''Simplesmente o problema não é a câmara ou o político bandido, o problema do Brasil é o povo brasileiro. O povo brasileiro, me perdoe a minoria, é um povo corrupto. A nossa cultura é a cultura da corrupção'', este trecho da postagem me chamou mais a atenção. O povo brasileiro já se acostumou com a corrupção no do país. Apesar da minoria lutar para que a cultura da corrupção não seja tão gritante como é, a maioria, que na grande parte dos casos é beneficiada, insiste em apoiar os governantes neste gesto de total desrespeito com o cidadão brasileiro, o cidadão que trabalha e luta todos os dias para levar uma vida honesta, muitas vezes dificultada pela corrupção dos nossos ''senhores''. Um grande motivo para a corrupção se alastrar pelo país, no meu ponto de vista, é a falta de punição para quem a pratica, na maioria dos casos ninguém é preso, e com o tempo se esquece, pois no Brasil, o futebol é mais importante que a corrupção.

    ResponderExcluir
  4. Ludimilla Andrade - 2º ano de Qímica25 de fevereiro de 2013 22:00

    O povo brasileiro deixa muito a desejar em relação às cobranças políticas, fico realmente indignada como uma grande maioria não se importa com o rumo que o nosso país esta tomando. Grande parte da população tem um pensamento muito individualista e egoísta, enfrente a tudo isso sempre pensamos que não é problema nosso, e é exatamente isso que os políticos corruptos querem, pois assim eles podem nos roubar o quanto quiserem. E depois que são descobertos tem a cara de pau de mentir, Como faz Brasil?

    ResponderExcluir
  5. Bom, podemos ver nessa postagem, que a corrupção ainda é algo muito presente em nossa sociedade, principalmente entre políticos, como citado, Carlinhos Cachoeira e o vereador Paulo Borges. Uma coisa que me deixa também muito indignada é saber que esses políticos são inocentados sem provas, ou seja, precisa haver antes uma investigação, uma melhor averiguação dos fatos, antes de inocentá-los. Iara Martins Maróstica, 2º ano de Edificações.

    ResponderExcluir
  6. Aluna: Gabriella Rayssa
    Turma: 2° ano Informática
    E lá vai outra vez o povo brasileiro dando um jeitinho pra tudo nessa vida. Isso pra mim, pode até ser sim uma questão de cultura, mas um cultura totalmente devasta e desonesta, um tanto "idiota". Pessoas roubam debaixo dos nossos narizes, e nós não fazemos nada, deixamos passar, deixamos o tempo correr, mesmo sabendo que tem algo de errado não temos voz ativa, somos analfabetos políticos, e isso não tem problema algum no entender de alguns indivíduos. Mas devíamos parar com isso, pois a tal "democracia" que os políticos tanto dizem não existem se nós também não cumprirmos a nossa parte. Aliás, no meu ponto de vista... A "Democracia" nunca existiu neste país.

    ResponderExcluir
  7. Paulo Henrique Macedo- 2° ano de Química.26 de fevereiro de 2013 14:40

    Na minha opinião o povo brasileiro atualmente já não se importa mais com a forma que o Brasil evolui ou a forma no qual é governado. Estamos em um século que todos só se importam com as Olimpíadas, copa do mundo, carnaval..., mas esquecem que existe uma educação que é pobre no seu ensino, uma saúde que está muito precária chegando a casos deploráveis... As pessoas atualmente votam em um certo candidato pensando nas festas e no carnaval que ele vai proporcionar (sem contar os que vendem os votos para esses "políticos"), mas quando as pessoas veem (isso porque quando veem) o nível dos hospitais, escolas, ruas etc. todos começam a reclamar individualmente, mas não procuram tomar iniciativa para fazer algo a respeito daquilo, esperando que caia do céu uma solução, por isso tudo acaba ficando do jeito que está (esse chiqueiro de porcos). Concordo com a forma Anarquista de se viver sem um governo para tomar aquilo que por direito é nosso, pois se elegemos uma pessoa para ser nosso governante o mínimo que ele deveria fazer era proporcionar um país melhor para todos (no sentido da educação, Saúde, Cultura...), mas todos sabemos que não é assim pois, esse "governadores" gastam milhões e milhões com coisas desnecessárias e esquecem que existem coisas realmente importantes onde se esse dinheiro fosse bem investido nisso o Brasil seria visto com um outro olhar.

    ResponderExcluir
  8. Jean Felipe - 2º ano de Informática.26 de fevereiro de 2013 14:46

    'Sinceramente não acredito que o povo brasileiro, consiga ter mais forças para lutar. Não consigo ver aquele "antigo" povo forte e trabalhador que lutou pelo seus ideais, na Antiga Ditadura Militar, apesar de ter durado 15 anos, a sociedade por meio de todos os conflitos, manifestos e protestos conseguiram retomar seus direitos perdidos. Mas hoje em dia o povo foi cegado, depois de todas as conquistas, está completamente manipulado, pela mídia e pelo governo, onde faz o povo brasileiro de palhaço. A libertação do vereador Paulo Borges do Empresário Carlinhos Cachoeira, são exemplos que a impunição no Brasil prevalece e não tem data para acabar. E a estratégia deles são, trazer mégas eventos que assim conseguem camuflar os "podres" do país, varrer tudo para baixo do tapete. Assim podemos denominar como a NEO política de pão e circo que de novo não tem nada. Meses depois o povo esquece, não cobra dos seus líderes e os prejudicados são toda a cidadania.


    ResponderExcluir
  9. Maykon Morais - 2ª ano de Química26 de fevereiro de 2013 15:36

    "Assim, pela lógica do brasileiro comum, "otário" é o político que não rouba.". Não e que o povo Brasileiro e ''otario'', e que ja e tanto politico ladrão. Que entre o sujo e o mal-lavado, Escolhe o sujo, porque pelo menos o sujo rouba mas faz alguma coisa. Para mim o MP e uma quadrilha ki rouba dinheiro nosso a cada pão que comemos. Justiça do nosso pais esta tão ocupada tentando descobrir " Quem pego 5 centavos do banco, do que descobrir quem estar roubando Milhões nos caixas publicos, ou Pelo menos figem estar ocupados, figem nao ver''.
    o Povo brasileiro estar cansado de passa 4 anos nada melhora, ai vai vota dinovo 4 anos nada melhora vota dinovo 4 anos so roubando, chega um ponto que ele preferem votas de olhos fechados ou em branco.
    essas operações, são fachada, eles pensao que o povo brasileiro e burro, o povo brasileiro nao e burro, so finge que. Todo mundo percebe que a lei ficha limpa e fachada, que essas CPI'S e pra pegar mais dinheiros dos cofres, Policos são condenados, são presos, mais na outra eleição esta la pedindo voto, falando que foi um erro.
    Ate onde vamos chegar desse jeito, Querendo si igualar as potencias mundiais ?

    ResponderExcluir
  10. Tayná Diane Carvalho 2º Edificações26 de fevereiro de 2013 19:58

    O Documentário apresentado aborda umas das questões, mas polemicas que o Brasil vivencia hoje. “São eleitores influenciados ao voto compro ou por troca, de dinheiro, serviços entre outros métodos que geram lucro para o cidadão, acabam sendo submetidos a um acordo com ladrões, que irão governar nosso país por um determinado tempo. Julgando leis e votando projetos contra ou a favor da sociedade concedida.
    Estes Ladrões Se unem Formando assim uma parcela que levam vantagem ao poder adquirido. A citação realizada “ladrão que apoiar ladrão terá grande votação”, é um ícone de que em uma assembléia, os votos serão combinados formando então a espécie de um complô, ou um grupo com a maioria dos votos. A fama do Brasil já e de fato “para tudo tem um jeitinho” um dos exemplos citados no documentário é a prisão de Paulo Borges a suposta formação de quadrilha por servidores da Amma que cobravam propina para a liberação de licenciamentos ambientais e embargos irregulares de empreendimento sempre tem um jeitinho dos ladrões roubarem, dos desvios de verbas, das emendas dívidas, são jeitinhos que na maioria das vezes a população leva desvantagem, e os supostos ladrões, saem ganhado, mas em contrapartida a culpa não são deles, mas sim das eleitoras e eleitores que se venderam, e que confiou nos candidatos, ai que esta o problema o povo brasileiro conhecido como corruptos por este ato, ou seja, uma cultura corrupta, que esta sendo passada de geração para geração.

    ResponderExcluir
  11. Paula Soares - 2° ano Informática26 de fevereiro de 2013 20:49

    Mesmo sempre saindo notícias e reportagens sobre corrupção na televisão ou internet, a maior parte dos brasileiros não procuram fazer nada a respeito, simplesmente assistem ou leem, e não manifestam a sua opnião sobre o assunto publicamente. O problema é que os brasileiros já se acomodaram, não acham que pode ocorrer alguma mudança se eles tentarem fazer alguma coisa, e com esse pensamento, como também a atitude, só tende a piorar a política brasileira. O pior é que alguns brasileiros ajudam os políticos corruptos, como exemplo, aceitar a compra de voto e ajudar na reeleição do mesmo. Os políticos e seus colegas de trabalho se aproveitam dessa situação, pois mesmo quando são descobertos, são livres da sua dívida com o povo e a lei.

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente temos que ser reconhecidos como "o povo do jeitinho" ou seja "o jeitinho brasileiro", essa expressão teria o seguinte significado: sempre temos um jeitinho para resolvermos qualquer situação, e isso realmente é verdade. Mas, infelizmente, esse "jeitinho" não tem sido usado para o bem do povo brasileiro, pois muitos "deputados, senadores, governadores, prefeitos,..." estão usando este para se "saírem" bem nas acusações sobre a corrupção, mas, infelizmente, os responsáveis por isso tudo, é o povo brasileiro, pois somos nós que escolhemos estes, para que eles nos representem nas câmaras, e infelizmente, eles não estão nos representando bem.
    O povo brasileiro é sego politicamente falando, pois eles não enxergam o que os representantes estão fazendo, e quando vejam, eles figam que não veem, e ainda dá o seu voto a eles (políticos corruptos) novamente.
    Será que ainda temos que ser reconhecidos pelo país do "jeitinho", ou vamos dar um "jeitinho" de retirar essa má imagem que temos em outros país?
    Que possamos fazer a diferença neste Brasil de corruptos e de pessoas segas.
    Renata Soares- 2º ano de Edificações.

    ResponderExcluir
  13. John Harrison - 2º informática27 de fevereiro de 2013 13:52

    Esse tipo de assunto e muito complicado de ser abordado, pois no mesmo tempo que pessoas julgam e colocam os politicos como "errados/corruptos", essas mesmas pessoas tiveram alguma relação com o que eles fazem, pois nenhum politico senta na cadeira de uma câmara municipal, do senado ou em um gabinete de prefeito sem o voto dos cidadãos. Mas quando esses fatos ocorrem, sao momentos para repensar os nossos conceitos políticos, e evitar que isso nao aconteça denovo. Porém até nessas horas alguns dão seu "jeitinho" e continuam com a mesma concepção corrupta inacabável.

    ResponderExcluir
  14. Nayara Rodrigues Vinhal- 2° ano de Química27 de fevereiro de 2013 14:02

    Aqui no Brasil, infelizmente muitos se deixam levar pela corrupção mesmo sabendo que não é certo! Várias pessoas vendem seu voto, por causa de interesses pessoais e não "pensam" que aquilo irá prejudicar a sociedade e até ele mesmo. Para mim, o povo brasileiro precisam de voz ativa dentro da sociedade; pois o que temos hoje visto é que os corruptos conseguem de forma geral saírem impunes e muitas vezes continuarem no mesmo cargo. Nós reclamamos muito à respeito da saúde pública, da segurança, da educação... Mas afinal, eu tenho o meu papel dentro dessa sociedade, e por causa disso é o nosso dever de exercer o nosso papel de cidadão, que nos dá direitos mais também deveres!.......

    ResponderExcluir
  15. é uma situação muito difícil essa de ser reconhecido como uma nação que encontra um "jeitinho" pra qualquer problema que eles encontram. Para nós brasileiros já não é tão estranho assim essa solução o "jeitinho", mas quando nós tentamos fazer isso em algum outro pais vemos que não é nada certo, a unica definição disso é desonestidade e corrupção ! mas temos o dever de tentar mudar essa realidade, não só por fazer bonito aos outros paises mas pela nossa dignidade.
    Pedro Moreira - 2° ano de informatica

    ResponderExcluir
  16. Isso é um assunto muito atual e ao mesmo tempo complexo para a população. Com certeza, se a educação do Brasil fosse melhor, o povo hoje não agiria como vem agindo. Não, eles seriam mais espertos, mais ágeis. Saberiam agir como cidadãos de verdade! Pois eles teriam conhecimento. Mas como não possuem conhecimento, não fazem nada. E o que nós ficamos? Indignados! Sim, indignados com esses políticos que desviam dinheiro público, para realizarem suas "festinhas privadas". Esse "jeitinho" aí, foi o jeitinho que o político encontrou para fazer-nos de bobo. E o pior de tudo, por falta de conhecimento, a população aceita isso.

    ResponderExcluir
  17. Wellington Martins - 2° Ano Informática.
    Esqueci de colocar no comentário anterior.

    ResponderExcluir
  18. Selma Lemos Frades-Proeja27 de fevereiro de 2013 18:36

    Nossa população está acostumada com a corrupção, com pessoas corruptas governarem nosso país, em vez de preocuparem com pessoas que não tem o que comer e morar, com tanta violência, guerras, drogas e prostituição infantil. O ’’povo’’nem liga pra essas coisas importantes, tem que mudar. Lugar de corrupto e na cadeia, não dar uma chance pra isso continuar acontecendo. Que Brasil é esse que apoia o que não vale a pena, nós mesmo nos destruímos com nossos atos.

    ResponderExcluir
  19. marcela proeja 2 periodo27 de fevereiro de 2013 19:08

    Em Góias, no Brasil, no mundo todo politico e igual.Aqui o povo parece que já se acostumou com toda essa corrupção.Já estamos tao acostumados que mesmo sabendo que roubaram votamos neles para continuar robando.E quando esses políticos são pegos, não passam nem um dia na cadeia logo são soltos e juram que sao inocentes mesmo tendo provas contra eles. Com tudo isso ainda falam que estao idguinados com tanta corrupçãoe querem que resolvam isto bem rapido para candidatarem mais uma vez pra ganhar mais algum.Como diz no texto alguns brasileiros sao "otários" acreditam em tudo o que eles falam e ainda trocam o seu voto por qualquer coisa.

    ResponderExcluir
  20. Higor da Silva Diniz - 2º ano Informática27 de fevereiro de 2013 22:40

    Como sempre, o "jeitinho brasileiro" vence. É triste a realidade brasileira, onde para tudo tem-se ou dar-se um jeito, essa realidade prejudica o próprio povo, pois como foi constado no texto, a impressão que o povo brasileiro passa, é a aversão a honestidade, tudo hoje em dia é feito repleto de falcatruas e jeitinhos. Mas a parte mais lamentável da história é que não muda, e pelo jeito jamais irá mudar, pois em um lugar onde a própria população apoia os políticos corruptos, que roubam o próprio país, é uma sociedade acabada. E se a população não procura meios para interar sobre o que acontece em sua volta, então esse é um povo alienado, que acaba se tornando cúmplice das "sujeiras" dos líderes de nosso país, e cada dia que passa, temos mais e mais exemplos desse tipo de situação.

    ResponderExcluir
  21. Ellen Jeymes - 2° Ano de Edificações27 de fevereiro de 2013 22:46

    Os políticos estão cada vez mais corruptos! Os brasileiros reclamam da corrupção, só que percebemos que de fato, os brasileiros são de certa forma os causadores disso (não querendo ser tão radical), pois cada brasileiro é responsável pelo seu voto, e algumas pessoas são tão "idiotas" que criticam a corrupção, só que acaba não lembrando que se alinharam a esses corruptos, pois venderam seu voto por alguma coisa que o beneficiasse, sendo assim, esses são elegidos e começam a praticar a corrupção, ai vem o problema, porque as pessoas veem na TV e/ou internet, e acabam deixando de lado, pois já se adaptaram a essas notícias e acabam não colocando suas ideias em pratica para combater esse problema.

    ResponderExcluir
  22. Vanessa de Almeida Andrade- 2° ano de Química27 de fevereiro de 2013 22:49

    Infelizmente "nossos políticos" são todos assim, ele só pensam em roubar o dinheiro do povo e quando eles inventam de fazem alguma coisa, são coisas sem futuro como a copa. Porque em vez dela gastarem bilhões de dinheiro com estadios, transportes, etc eles não gastam com a saúde e a educação porque quando a copa acabar nós ainda vamos continuar morando aqui e nossa situação vai prevalecer do mesmo jeito ou até pior.
    E o que me deixa indignada e o fato de não ter provas suficientes para prende esse políticos. Provar mas o que?
    Eles roubam na nossa cara, formam quadrilhas e a lei do Brasil ainda tem a cara de pau de falar que não tem provas suficientes.

    ResponderExcluir
  23. jeisiane garcia 2° ano proeja de informatica27 de fevereiro de 2013 23:51

    talvez nos brasileiros já tenhamos acostumado sim com a corrupção e já não havendo saída já que na maioria da vez por serem políticos a justiça é lenta, e por poderem pagar bons advogados dificilmente passam muito tempo na cadeia ou não são punidos ou são julgados de forma privilegiada o que contribui com a impunidade, e com esse "jeitinho" é cada vez mais falsa e imprudente as votação e esta cada vez mais longe de se parecer com a vontade do cidadão-contribuinte-eleitor pois o mesmo é cada vez mais enganado de todas as maneiras,e por sermos parte mais fraca ficamos calados, indignados cada vez mas com os escândalos políticos com a corrupção que nos cerca.

    ResponderExcluir
  24. Realmente a situação na política brasileira é um caos, inúmeras são as notícias apresentadas nos diversos meios de comunicação que retratam como um governante, que devia zelar pelo bem-estar da população da qual é representante, se preocupa em priorizar muito mais seus caprichos materiais do a educação, por exemplo.
    Mas, a população também tem grande contribuição para que essa "robalheira" aconteça, é ela a responsável por designar quem ocupará os cargos na política, porém, muitas vezes, os cidadãos mesmos se tornam corruptos, como por exemplo, quando vendem seu voto para alguém. E, o engraçado é que depois ficam todos lá reclamando de braços cruzados dos governantes que eles mesmos ajudaram a colocar no poder. Esse famoso "jeitinho brasileiro" naum pode ser considerado nem de longe um elogio, devíamos nos sentir envergonhados por dizer-mos que o temos.

    ResponderExcluir
  25. No Brasil o que prevalece é a falta de vergonha na cara de algumas pessoas, políticos corruptos que interagem com a comunidade desviando dinheiro, ocasionando na diversidade de problemas que ocorrem no nosso país.
    Aqueles que estão no poder político tem ou deviam ter a obrigação de zelar pelo nosso bem estar... só que mais "bobos" somos nós, Brasileiros, que colocamos essas pessoas no poder. Nós somos os responsáveis por parte dos problemas apresentados nos meios de comunicação, tais problemas que degradam cada vez mais a imagem do nosso país, Brasil.
    É com o "jeitinho brasileiro" que toda essa corrupção acontece e cresce cada vez mais, sempre achando uma forma de escapar das consequências.

    ResponderExcluir
  26. Marly santos 2 ano proeja de informática28 de fevereiro de 2013 16:09

    Feliz mente mais uma triste realidade brasileira da qual prezenciamos dia a após dia,cabe a mim a você não concorda com tudo isto,agoro mim pergunto como? não homitindo falando expresando indignação e revolta.
    Dizendo pra si mesmo posso até não poder fazer muito,porém não concordo com a corupção,tal corupto deve ser punudo.
    Povo brasileios chega dessa de pensar esse problema não é meu não estou nem ai com isto,egano seu, tudo que se relaciona ao nosso país é problema nosso,os corinhos brancos estão roubando você e eu.
    Cabe a nós defender o que nos pertence.

    ResponderExcluir
  27. lívia larah gomes 2-periodo proeja28 de fevereiro de 2013 17:40

    E infelismente essa e a pura realidade em que nos vivemos no brasil,eles preocupados com o paulo borges e em quanto o brasil sofre com a educação com a saúde entre outros,essa e a realidade do nosso brasil.

    ResponderExcluir
  28. Letícia Alves Rodrigues Lourenço- 2° ano em Informática28 de fevereiro de 2013 18:52

    Os brasileiros já se acomodaram a esse tal jeitinho que os políticos têm pra tudo, e o que eles fazem pra mudar isso? Absolutamente nada. Os eleitores vêem as coisas acontecendo e não fazem coisa alguma, eles já estão acostumados a não lutar por seus direitos, não correm atrás das coisas que os políticos prometem, e ainda por cima vendem seus votos para esses corruptos na próxima eleição.

    ResponderExcluir
  29. Júlia Borges - 2 º Química28 de fevereiro de 2013 20:26

    De forma concreta a reportagem abordou a triste realidade de nós Brasileiros, pessoas subordinadas a "pessoas" que um dia nós confiamos nosso voto. E não vamos nos enganar dizendo que votamos nessas "pessoas" porque sabiamos que eram boas para nos representar diante do mundo politico, não!pois sabemos que a maioria da população votou nesses representantes sem nem ao menos conhece-lo, ou saber de suas propostas para o Brasil, ou o estado. Para os muito ingnorantes que dizem não gostar de politica,e usam desse argumento para deixar de mão, o seu dever de cidadão, que é cobrar de forma explícita, o que é de dever dos politicos,formar uma sociedade igualitária e justa para todos, sinto dizer que nÃo é o que acontece, e ao contrario de uma sociedade igualitaria, o Brasil passou assim a ter uma sociedade de pessoas engandas literalmente por pessoas que elas mesmas o deram poder. Se todos nós estamos cansados de saber que nossos respresentantes nos roubam, e que usam de seu poder pra fazer isso, poder o qual eu volto a repetir que foi os dados através de nós, pobres cidadãos "burros", sim burros, porque eles sim são espertos, conseguem fazer obras para mascarar os seus maus feitos,obras das quais sabe-se lá quantos milhões estão sendo desviados para suas contas, ou de seus laranjas, afinal esses "laranjas" de uns tempos pra cá virou moda né!. Não adianta esconder que todos nós sabemos dessa situação Brasileira, porque estamos cansados de ver as manchetes nos noticiarios, e não é de duvidar que essa mídia toda que a imprensa faz em cima desses politicos seja porque ela também não lucrou com o "limpa do dinheiro publico", e não pense que tudo que sai nos jornais possui toda a verdade, porque a suposta "verdade" meus queridos,vem através de quem paga mais, por isso fiquem atentos ao que saem dizendo por ai nos jornais. E sabe o que me deixou mais triste nessa reportagem? O modo como se referiram a nós Goiânos, "... a parte mais caipira do Brasil.". Diviamos ter vergonha de nos calarmos pra essas situações. Lamentavél!

    ResponderExcluir
  30. Muito interessante essa abordagem sobre mais um caso de corrupção no Brasil, nos fazendo refletir sobre essas situações, "Quando será a próxima corrupção?" "Há alguma maneira de resolver essa política brasileira?" A população brasileira, como um todo, deveria ter ações mais perspicazes em relação a todos esses casos, que já são considerados "modinhas", para assim a sociedade de uma forma evoluir nessas questões, que deveriam ser de interesse a todo cidadão, tornando pessoas menos alienadas.
    Ações como: aceitar o roubo dos políticos como algo normal, vender votos, expressar de forma reacionário etc, com certeza não será benéficas para o desenvolvimento do nosso país, temos que nos tornar cidadãos mais inovadores, amotinados, pensar na reflexão dos nossos atos políticos na sociedade.
    O "jeitinho brasileiro" é muito conhecido popularmente, mas se apelarmos para o sentido literal da expressão, vemos que as atitudes decorrentes, dessa forma de resolver as situações problemáticas no nosso cotidiano, são atitudes nada honestas, e se queremos mudar essa visão devemos mudar nós mesmos, para vermos o resultado na política, para assim não depararmos com mais casos estereótipos de corrupção como " Operação jeitinho".
    Rafaella Silva-2 Edificações

    ResponderExcluir
  31. LUANA SILVA TAVARES 2 ano informatica28 de fevereiro de 2013 21:54

    prof o comentario luana silva tavares e do 2 ano de imformatica

    ResponderExcluir
  32. Infelizmente mais caso de corrupçãp no Brasil, essa é a nossa realidade, mas se formos parar pra pensar, a culpa é nossa mesmo, pois quem votou em Paulo Borges, foram cidadãos brasileiros, então tudo isso é fruto nosso.
    "Assim, pela lógica do brasileiro comum, "otário" é o político que não rouba." Essa é uma frase muito interessante, pois se formos parar pra pensar, somos nós que somos responmsáveis pela situação do país, essas atitudes nada honestas, que servem como eufemismo para o "jeitinho brasileiro" é uma VERGONHA.
    Igor Rafael- 2 edificações

    ResponderExcluir
  33. Guilherme de Paula Pereira
    2º Edificações

    Esse sim é um exemplo de um povo sem conhecimento e cegos pela mídia. É um tanto desrespeitoso, pois um bandido desse nem devia ter um cargo que lhe da o poder de decidir o meu e o futuro de todos nós. Mas com a "labia" e a falta de conhecimento do povo sobre política é quase certa a candidatura de um corrupto como esse vereador. A democracia na minha opinião pode ser tanto a salvação quanto a condenação da população, por isso devenos refletir antes de votar e abrir os olhos dos cegos...

    ResponderExcluir
  34. Douglas Vinicios 1°Edificaçoes1 de março de 2013 12:56

    A politica no brasil anda mesmo muito precária, pois os políticos nos dias de hoje roubam o dinheiro do povo, mais o povo vota neles de novo, o brasileiro precisa começar a escolher melhor os políticos que vão governar, e esse e um dos motivos que o Brasil não vai para a frente, ou seja não se se desenvolve como outros países.

    ResponderExcluir
  35. Realmente a nossa realidade é esta. Infelizmente muitos corruptos são soltos sem mesmo ter uma investigação se ele é ou não culpado de tal ato. Os culpados de serem eleitos corruptos somos nós, que elegemos qualquer pessoa por preguiça de procurar saber o histórico desse candidato, caímos muito fácil em promessas que nunca vão ser realizadas. Mas muitas pessoas acham que os políticos que não roubam, que não abusam do poder são realmente burros, pois se eles tem todo o poder em suas mãos porque então não usa-lo para beneficio proprio. E assim só culpamos os eleitos e esquecemos que a culpa também é nossa.

    Verônica C. Camargo 2º ano Informatica

    ResponderExcluir
  36. Mateus Nunes 2° ano Informatica1 de março de 2013 14:26

    Este "jeitinho" seria uma forma mais branda de se referir a corrupção. Muitos veem o jeitinho apenas como uma forma mais fácil de ter ou fazer algo, mas não percebem que estão agindo igual aos políticos que tanto criticam. Muitas vezes tentamos fazer as coisas da maneira mais fácil que nem sempre é a mais correta, assim como muitos acham mais fácil copiar um trabalho da internet, ao invés dele próprio faze-lo, ou seja assim como diz o texto "A nossa cultura é a cultura da corrupção."

    ResponderExcluir
  37. Amellyane Amaro Borges - 2° de Química1 de março de 2013 16:14

    Quem não esta acostumado a escutar: O jeitinho Brasileiro de se? Pois bem este o caráter que damos a nossa sociedade. Nós enquanto cidadãos, estamos acostumados a dar sempre um jeitinho; um jeitinho de não devolver o que achamos e não nos pertence ou um jeitinho de ‘’furar’’ a fila de um banco. Nós crescemos nesse meio de dar um jeitinho nas coisas, mas infelizmente o jeitinho na política envolve dinheiro, desonestidade e roubo, muito roubo.
    Concordar com tal ato seria antiético de nossa parte, mas apenas falarmos de corrupção sem olharmos, nós mesmo, também seria dar um jeitinho em nossa ignorância e preguiça de participar da política para deixa-la mais clara. Para a mudança atingir nossos governantes é necessário começar da população, pois quem faz não é contra. É necessária a participação sim da população brasileira; cada passo, cada ato e principalmente cada obra de nossos governantes devem ser acompanhados e interrogados, pois caso o contrario a situação permanecera sempre a mesma.

    ResponderExcluir
  38. Aline Torres 2ª Química1 de março de 2013 16:39

    É lamentável saber que os governantes apossam do dinheiro publico, isso no Brasil se tornou uma coisa tão monótona, que os brasileiros não se preocupam mais com esse fato. Quem elege um político sem pelo menos conhece-lo , vende seu voto, não pode reclamar de uma realidade dessa, com isso quem se torna corrupto e o próprio eleitor. Ao votar o eleitor que luta por uma vida melhor, por melhorias na educação na saúde, enfim, “confia” que realmente aquele candidato vai fazer a coisa certa que todos devem fazer,mas não nos surpreende mais, e pegam o nosso dinheiro para bancar seus bens matérias e seus luxos , todas as outra falcatruas. Uma frase que me chamou a atenção é que a lógica dos brasileiros comuns, otário e o político que não rouba, e a grande questão é que o povo não se preocupa mais com isso, e se o povo não se preocupam mais, com essa realidade vai se acabar? Todos precisam exercer mais a tal da cidadania principalmente os políticos que são os principais senhores que tem a obrigação de passa isso adiante.

    ResponderExcluir
  39. Hákyla Andrade - 2° Ano de Edificações.1 de março de 2013 18:31

    Vivemos em um Estado, onde é vergonhosa a política e é comum encontrarmos pessoas reclamando e se queixando da mesma. Ou mesmo deparamos com cidadãos que não se importam de forma alguma com ela. Esses usam o seguinte argumento: "todos são ladrões mesmo, não tem jeito são todos iguais, são todos políticos corruptos. Eu não quero mais saber disso".
    E daí por diante. Não sabem eles que a culpa de toda essa situação são deles mesmos. O voto é do povo, quem elege aqueles que irão nos representar é a população. Se alguém que não tem capacidade ou mesmo caráter para nos representar é eleito, foi porque os cidadãos não souberam exercer o seu direito. Esses são verdadeiros analfabetos, politicamente falando. Disse Bertolt Brecht: "O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.".
    Se expressou bem quando disse Bertolt que da nossa própria ignorância surge do menor abandonado até o político corrupto.
    Essa situação só vai acabar quando os próprios resmungões pararem de só reclamar e começarem a tomar real consciência que política e voto não são brincadeiras e que de fato vai interferir no seu futuro.

    ResponderExcluir
  40. Samuel Gonçalves 2° ano de Química1 de março de 2013 18:41

    Infelizmente o Brasil e um país que a corrupção prevalece, devido ao fato que o povo brasileiro não se informa na hora de votar em alguém para ocupar um cargo politico, geralmente os brasileiros são influenciados por falsas promessas. Isso ocorre por causa do egoísmo de muitas pessoas, pois elas só pensam em ser beneficiadas quando vende seu voto, e não pensam nos malefícios que uma pessoa corrupta traz ao país. E para piorar raramente um politico corrupto e preso, e se for e solto rapidamente.

    ResponderExcluir
  41. A nossa política é composta por maioria de parlamentares corruptos que não tem pudores e acha que eles podem de tudo,com esse chamado "jeitinho brasileiro", que é sinônimo de corrupção enganando a própria população com falsas promessas e altitudes para serem tomadas. Assim enriquecendo com propinas que não acabam mais.
    Raphaela Coelho - 2° ano em informática

    ResponderExcluir
  42. Jose Eduardo- 2° informatica1 de março de 2013 19:31

    este "jeitinho brasileiro" e que nos faz esta parado no tempo de acha que marca algo e chegar atrasado e isso e normal. Devemos lembra que aqueles que estão no pode antes eram cidadães, e que sempre podemos fazer um "gato" e que tudo vai dar certo e que não precisamos nos preocupa com o modo certo de se fazer as coisa. e como no livro a revolução dos bichos e que o burro sabe como melhorar toda revolução mais ficar queto e mais fácil. e por isso que somos conhecido por todo mundo e por nos mesmo e como e sitado no texto "A nossa cultura é a cultura da corrupção"

    ResponderExcluir
  43. Bruno Fidélis Godoy
    2º ano Informática
    Como relatado no texto esse tal "jeitinho" brasileiro vai se referir a corrupção. Mas há como acabar com a corrupção, isso não vai acontecer se ficarmos de braços cruzados esperando tudo se resolver, porque quem pode mudar isso somos nós mesmos, muitas das vezes criticamos, reclamamos dos políticos, mas quem os elege ?
    Somos nós, por isso pra tentarmos acabar com essa corrupção, temos de começar primeiro pela educação, sabendo o que devemos fazer para que isso acabe. Devemos sempre realizar pesquisas e perguntas para o candidato, até que ele nos passe confiança e que possamos votar consciente.
    Devemos encontrar um candidato que não pense só no bem pra ele, mas sim para todos nós.

    ResponderExcluir
  44. karoline ramos 2° ano edificações1 de março de 2013 19:36

    Casos como esses estão cada vez mais frequente em noticiários, esses estão tão frequentes que a maioria da população brasileira deixou de se importar ou fingem não ver. De fato há políticos corruptos que desviam dinheiro, aceitam propinas, ou seja, deixam de gelar pelo nosso bem estar para investirem em benefícios próprios. Porem grande parte desta culpa se atribui aos brasileiros que deveriam lutar por um país com menos índice de corrupção, pois somos nos que temos a autoridade de colocar esses corruptos no poder , se o brasileiro se preocupasse em averiguar melhor o candidato que estão elegendo esse quadro talvez fosse revertido.

    ResponderExcluir
  45. gleiva 2 ano quimica1 de março de 2013 19:43

    o brasil não vai pra frente por causa desses politicos

    ResponderExcluir
  46. Dayane Pryscilla 2° Ano Informática1 de março de 2013 19:55

    A realidade do povo brasileiro, que encontra o famoso "jeitinho" para tudo. Alguns ainda criticam os políticos, mas não percebem que da mesma forma que um aluno engana um professor com uma atividade escolar plagiada, ou um cliente de uma simples mercearia que não devolve o troco que veio a mais do que o valor a receber; também se colocam em situação de corrupto, pois estão a enganar alguém para seu benefício próprio. Como diz no texto: "[...] o problema do Brasil é o povo brasileiro. [...]", se cada um colocar a mão na consciência e rever suas atitudes, exercendo sua função de cidadão, teremos um Brasil no qual seus patriotas terão orgulho de dizer: "Sou brasileiro!", mas enquanto a crítica ao próximo vier primeiro que um exame de consciência individual, o Brasil continuara a ter seus "políticos inteligentes" eleitos, levando esse conceito em consequência da mentalidade brasileira na qual julga que "otário" é o político que não rouba.

    ResponderExcluir
  47. Douglas Romão Oliveira 2° ano informática1 de março de 2013 20:10

    Essa é uma triste realidade do nosso pais. E a culpa e de nos cidadãos que colocamos esse tipo de pessoa em um cargo importante assim, então devemos rever isso porque somos nos os únicos que podemos colocar pessoas responsáveis no lugar deste monte de ladrão que existem lá hoje em dia. E podemos fazer isso com uma pesquisada na vida do politico que queremos votar.

    ResponderExcluir
  48. Marcos Vinicios 2º ano Informática1 de março de 2013 20:13

    O Brasil de fato é o país da corrupção o país dos ladrões, ela é tão comum que já não faz diferença no cotidiano das pessoas, a todo momento é anunciado escândalos e mais escândalos envolvendo corrupção e se é tratado como algo normal, como apenas mais uma notícia no jornal ai vem o cidadão "consciente" e acusa o politico de ladrão e nada mais faz em relação ao atual estado do Brasil. Se bem que, tal atitude no Brasil já é cultura o brasileiro tem apenas o trabalho de colocar o politico no poder e depois disso apenas esperar passar 4 anos para fazer o mesmo novamente, sem se quer se preocupar com o futuro do país já que acreditam que por um politico ter sido elegido ele irá cumprir tudo que foi prometido. Na verdade o problema da corrupção está no povo pois não sabem escolher seus governantes, bem como lutar por seus direitos e cobrar tudo que lhes foi prometido. O mais contraditório é ver quem diz que a corrupção é o maior problema do país metido em diversos esquemas de corrupção, aquele que dizia que iria lutar por seu povo apenas o prejudicando e ainda aqueles que dizem que o Brasil pode ser um país melhor, um país desenvolvido, cada vez mais afunda o país na miséria e na pobreza.
    Assim enquanto o brasileiro assite seu futebol, sua novela o país vai regredindo cada vez mais se afundando dentro do buraco onde nós mesmo estamos cavando, e junto sendo interrado vai a toda a nação, a nação dos cidadões "concientes" que tanta fala da politica mais nada participa dela.

    ResponderExcluir
  49. Heittor Bailona de Oliveira
    2º Edificações

    Este tipo de ação não é decorrência, dos políticos atuais, isso vem de antes onde o mau investimento em educação, saúde entre muitos outros problemas precários em nosso pais. Este artigo infelizmente nos mostra que esta é a realidade de nosso pais. Será uma fora branda de mostra nossa realidade ?

    ResponderExcluir
  50. André Moraes. 2º ano edificações1 de março de 2013 20:53

    Esse texto nos mostra mais um dos inúmeros casos corrupção e impunidade dos quais infelizmente já nos habituamos a ver quase todos os dias na mídia, e que infelizmente é uma realidade que nos afeta diretamente e pela qual todos somos responsáveis. E como foi muito bem colocado no texto, a corrupção está muito arraigada a cultura brasileira, em que se usa o tal “jeitinho” pra tudo e os valores morais estão cada vez mais esquecidos. A alienação do povo brasileiro, e sua ignorância em relação à política, somados á outras questões se tornam um prato cheio para os políticos corruptos e desonestos, que fazem o que querem sem serem incomodados. E que fazem o povo brasileiro de palhaço, e continuarão, até que esse povo se mobilize para mudar esse cenário, que é vergonhoso.

    ResponderExcluir
  51. Infelizmente esta é a triste realidade expressões como: 'Dar um jeitinho', ou 'faça o que conseguir sem ser descoberto' são muito comuns em nossa sociedade. Talvez não as escutemos exatamente assim, porem são facilmente notadas por ações. Estão arraigados de modo tão forte que ate passam de forma despercebidas por muitos. Podemos percebê-las em varias ocasiões do nosso dia a dia. No transito por exemplo motoristas podem violar leis com a consciência limpa. Roubos pequenos e roubos enormes prejudicam a gente. Enfim a desonestidade está presente em vários lugares, pode-se dizer que isso seria praticamente o proceder popular adotado pela maioria das pessoas. Desordens, escândalos, corrupção ou como preferir chamar fatos como o citado no artigo são enormes e até aceitáveis para muitos, cabe a cada um de nós querer agir diferente.

    Gabriela Benicio 2° ano Informática.

    ResponderExcluir
  52. O problema do Brasil é a falta de punição, em outros países por exemplo não ocorre tanta corrupção como no Brasil, pelo fato da punição desses países ser severas e eficientes, sendo assim as pessoas ficam com receio de aplicar golpes, sabendo que provavelmente irão para a cadeia, diferente do Brasil que inocenta corruptos sem mesmo ter uma investigação, e isso resulta em cada vez mais corrupção.
    Brunna Tyessa - 2º ano Química

    ResponderExcluir
  53. Aluno: Josiley Dantas Batista.
    Serie: 2º ano de Informática.

    O Brasil sempre passou por diversas mudanças, desde a sua descoberta, até atualmente, forma-se tantas lutas, tantas perdas. Antigamente o cidadão tinha poucos direitos sob a sociedade e quando começou a lutar por eles, queriam a liberdade de expressão, seu direitos trabalhistas, o direito ao voto, por exemplo, o ser humano sempre buscou ter uma vida mais favorável. Presos ao poder público, os poucos direitos que tinham e a liberdade, muitos se reviraram em busca de uma sociedade mais organizada, onde cada pessoa poderia da sua opinião. O Brasileiro, por certo momento sempre pensava que estava faltando seus direitos, pouca liberdade de expressão. Com o tempo foi conquistando seu espaço, tendo atualmente uma sociedade mais digna, mas será? O "Jeitinho Brasileiro" é um fato que agrava, buscando a facilidade de ser melhor em tudo, seja por trapaças, por exemplo, busca burlar os limites exigidos de uma sociedade, sempre buscando formar uma gambiarra entre todas as pessoas. Os políticos, muitos reclamam deles, que não fazem nada, mas quem coloca eles lá em cima é o Brasileiro, pensam que estão fazendo algo melhor, depois quebram a cara, outro exemplo seria através do compro de voto. Se o Brasileiro preocupa-se mais com a dignidade, estaríamos talves em um pais mais justo de morar, outro fato seria da distribuição de professores em redes tanto pulicas ou municipais, em vez de conceder horários dignos e salário correto, pensam em aumentar mais a carga horaria de um professor do que investir numa educação, contratando mais profissionais, no Brasil um professor em m´dia trabalha de 42 hs ou 48hs no estado de Goiás e com condições ruins. Em vez de investir na educação, preferem em mega eventos, como esporte, na qual esquece quem são as pessoas que contribuirão para a realização. O Jeitinho Brasileiro é um exemplo de ser corrupto, uma cultura que mesmo querendo evitar, somos uma pessoa que não haje de forma correta de que devíamos, sempre buscando pular a cerca ao melhor.

    ResponderExcluir
  54. Juliana Nonato 2° ano Informática..1 de março de 2013 23:14

    A "Operação jeitinho" só é mais uma expressão para não usarem diretamente a palavra "roubo".
    De 4 em 4 anos a população vai as urnas escolherem seu candidato no intuito de que eles venham nos representar, em um modo geral. Más depois de eleitos a realidade é outra.
    A corrupção no Brasil tende a crescer cada dia mais, pois, infelismente a justiça não puni os corruptos de ums forma adequada, portanto eles são um bando de "maria vai com as outras", se um rouba, todos roubam também... E quem sofre com isso??? --> A Sociedade!! ¬¬'

    ResponderExcluir
  55. João Marcos 2º Informática1 de março de 2013 23:33

    Todo mundo sabe falar da corrupção, mas esquece que nós brasileiros somos os verdadeiros culpados por algumas pessoas de mal estarem no poder político.
    O brasileiro sempre encontra um "jeitinho" para resolver os problemas e fazer os outros de bobos sempre se mostrando mais esperto que outros.
    Os brasileiros deveriam pensar mais um pouco sobre quem colocar no poder para haver, então um bom futuro para todos.

    ResponderExcluir
  56. infelizmente essa é a nossa realidade, políticos corruptos sendo soltos sem ao menos ter um julgamento , ou um investigação concluida. políticos roubando tudo que podem da população, e do pais. O dinheiro que era para ser investido na educaçao, na saúde, na segurança, enfim, acaba sendo desviado para obras privadas, suborno, ou seja, o nunca lugar que esse dinheiro não vai e para o pais em sí. E o pior de isso tudo é que os culpados somos nois, pois formos nois que colocamos esses políticos corruptos onde eles estão, e no final que acabarar sofrendo as consequencias não serão eles e sim o povo brasileiro.
    Aluna: Isabella Rafaela Azevedo
    Turma: 2ª de informática

    ResponderExcluir

Este é um espaço de reflexão e expressão. Sinta-se à vontade.