segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

CURSOS REPROVADOS DO IFPA E UFPA


Para dizer pouco, o problema nas instituições federais do Pará, no que diz respeito à realidade do interior especialmente, é um misto de abandono do Estado e falta de compromisso de alguns profissionais. A exemplo, quem visitar o Campus da UFPA de Marabá encontrará uma estrutura aos pedaços. Quase tudo ali está em ruínas.

Penso que os resultados, mesmo não dizendo respeito diretamente aos campus do interior, devem induzir a uma reflexão envolvendo a comunidade acadêmica e o Governo Federal. Até onde a academia tem responsabilidade nisso? Certamente tem. Até onde os esforços do Estado contribuem para a superação dos dados? Não sei, mas só conjuntamente é possível a superação.

Fato é que o Ministério da Educação (MEC) divulgou no último dia 19 a lista oficial de cursos que tiveram desempenho insatisfatório na avaliação do órgão pelo Conceito Preliminar de Curso (CPC) em 2008 e 2011.

No Instituto Federal do Pará (IFPA), campus Belém, o vestibular 2013 para o curso de Licenciatura em Biologia foi suspenso. E estão em avaliação ainda o curso de Licenciatura em Física, também do IFPA, e o de Licenciatura em Letras, bacharel em Pedagogia e Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Pará (UFPA). Esses têm 60 dias para corrigir os problemas com o corpo docente e 180 dias para resolver problemas estruturais.

Foram 207 cursos compondo a lista e, mesmo que os vestibulares já tenham sido realizados, os novos estudantes ficarão impedidos de se matricular nas instituições punidas. Apenas quem está matriculado conseguirá estudar no ano que vem. Os cursos não poderão aumentar o número de vagas e não contarão com benefícios como o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Financiamento Estudantil).
No total, foram avaliadas 1.875 instituições de ensino superior no Índice Geral de Cursos (IGC) 2011. Desses, 1.221 tiveram conceito acima do satisfatório, 551 tiveram desempenho baixo (menor que 3). Outras 261 instituições que não tiveram conceito no MEC receberão visitas de avaliadores do MEC.

Os 465 cursos que tiveram conceito abaixo de 3 terão que assinar Termo de Compromisso para melhorar e receberão visitas de avaliadores. Os 1.114 cursos que não tiveram conceito no CPC 2011 também receberão visitas de avaliadores. 

A Universidade Federal do Pará esclarece que está tomando todas as providências para corrigir as situações pontuais de cursos com desempenho não-satisfatórios. “No entanto, ressaltamos que esse resultado não afeta a realização de processos seletivos ou matrículas de novos alunos, diz a nota da UFPa “Esse resultado contraria o que se observa em relação as melhorias e resultados obtidos pela UFPA nos últimos anos, sendo que o conceito geral da própria universidade recentemente subiu de nota 3 para nota 4, em uma escala de 0 a 5”, afirma o reitor da UFPA, Carlos Maneschy. O IFPA ainda não se manifestou sobre o assunto.