sábado, 16 de fevereiro de 2013

JUSTIÇA AUTORIZA NOVOS CONTRATOS NA UEG


Perillo e a luta contra a autonomia universitária.
A juíza Mônice de Souza Balian Zaccariotti, da Vara da Fazenda Pública Estadual de Anápolis, deferiu hoje o pedido feito pela Reitoria da UEG, por meio da Gerência Jurídica, para que a Universidade permaneça com os servidores temporários e continue realizando contratações temporárias imprescindíveis para a continuidade do serviço público educacional.


No recurso, a UEG explicou que as aulas iniciarão na próxima segunda-feira, 18, e que a liminar anterior determinou que o concurso deve ser realizado em seis meses e que o impedimento de novas contratações e de renovação dos contratos atuais pode paralisar parcialmente os cursos ministrados.


A decisão da juíza tem validade apenas para o primeiro semestre deste ano, quando nova decisão deve ser tomada pela Justiça. 

(Dirceu Pinheiro)
Notícia publicada em 15/02/2013 no site da UEG.