domingo, 6 de abril de 2014

A DESIGUALDADE SOCIAL E O PAPEL DO ESTADO - TEXTO REPRODUZIDO DE UMA DISSERTAÇÃO DISCENTE

Autoria: Paulo Vitor, IFG Uruaçu, 1 ano.

A desigualdade social é ocasionada porque o governo não consegue equilibrar as classes sociais, ou seja, aumentar a classe média, o que poderia ser resolvido com uma educação melhor e cursos qualificativos para as classes mais baixas terem uma profissão melhor.

A distribuição da renda é outro fator que contribui muito para as desigualdades sociais. 

De que adianta dar a melhor copa do mundo, com os melhores estádios e ter milhões de famílias passando fome? E ainda por cima, o ingresso é uma fortuna, inacessível para as classes baixas. Se o dinheiro da copa fosse utilizado de maneira mais sensata iria minimizar bastante os problemas sociais. Tomara que o Brasil seja eliminado na primeira fase, pois se ganhar a população irá esquecer dos vários problemas que nós enfrentamos e o governante atual, sem dúvidas, será reeleito.

Cotidiano para muitas crianças e adultos.
O Estado tem o papel de organizar a nação para o progresso, mas infelizmente só reprime as classes baixas para que elas não progridam, dando educação de má qualidade, saúde precária, transporte péssimo, etc.

Esqueça um pouco a Copa do Mundo e as olimpíadas [que serão shows para os estrangeiros] e lembre mais dos milhões de habitantes desse lindo país. O governo diz se importar com os pobres. Mas a verdade é que só lembra deles quando vai cobrar impostos.